Poster para CRICS9 - Interoperando com o Dspace

De Wiki.bireme.org/pt
Ir para: navegação, pesquisa

Poster CRICS

  • Nome Completo dos Autores: Juliana Lourenço Sousa, Marcos Luis Mori, Fábio Luis de Brito
  • Email:
  • Título Interoperabilidade entre LILACS e Dublin Core Qualified
  • Área Temática: Tecnologias de informação e comunicação (mHealth, interoperabilidade, acessibilidade e padrões)
  • País: Brasil

Resumo do Pôster - máximo 400 palavras

Introdução

DSpace é um software de código fonte aberto que fornece facilidades para o gerenciamento de acervo digital, utilizado para implementação de repositórios institucionais. Suporta uma grande variedade de tipo de documentos, tais como: livros, teses e dissertações, fotografias, filmes, áudio, e outros. Por padrão DSpace utiliza uma versão qualificada do Dublin Core baseado no Dublin Core Libraries Working Group Application Profile (LAP). Este trabalho tem por objetivo apresentar o processo e os metadados definidos para obter uma interoperabilidade entre a LILACS e o DSpace.

Métodos

A interoperabilidade entre a LILACS e o DSpace pode ser realizada considerando a adoção de padrões internacionais para descrição de metadados adotados pela Metodologia LILACS. Considerando os níveis de interoperabilidade, a primeira etapa da compatibilização é técnica, na qual os campos de dados LILACS estão sendo compatibilizados com o Dublin Core Qualified.

  1. Realizou-se a redução dos campos LILACS destinados a descrição do tipo de literatura em análise (artigo de periódico, documento não convencional, teses e monográficos) ao mínimo possível de modo a possibilitar sua descrição;
  2. Classificação campos em obrigatórios e essenciais conforme a Metodologia;
  3. Compatibilização (um DE/PARA com o Dublin Core Qualified e com Dublin Core existente no DSpace - DC Library Application Profile), e é o resultado desta análise que agora submetemos à sua avaliação.

Resultado e discussão

Com o coletor (harvester) OAI PMH o DSpace pode coletar apenas os metadados, isso faz sentido desde que os registros disponíveis na LILCAS tenham links para os seus textos completos.

A interoperabilidade na LILACS ocorre das seguintes formas:

  • Nível interface de busca na BVS:
    • Busca integrada via iAHx;
    • Metabusca via iAH;
  • Nível dado:
    • Importação e exportação de dados via arquivos ISO;
    • Exportação de dados via formato MARC;
    • Harvesting (coleta) de dados via OAI-PMH (Open Archives Initiative Protocol for Metadata Harvesting) com o índice IMSEAR (SEARO);
    • Atualmente está em desenvolvimento a interface OAI-PMH para harvesting de metadados via repositórios institucionais, tendo como primeiro case o DSpace;
    • Previsão de coleta de dados via sistemas OJS/SEER.

Na tabela abaixo são mostrados os campos mínimos sugeridos para uma interoperabilidade com a Metodologia LILACS. Os campos definidos como novos foram criados, pois não foi possível a associação com algum campo existente na DC Estendido.


Tabela 1 – Metadados mínimos sugeridos para uma interoperabilidade com a LILACS.

http://wiki.bireme.org/pt/index.php/Metadados_m%C3%ADnimos_utilizados_no_projeto_Bio%C3%A9tica_e_Diplomacia_em_Sa%C3%BAde

Conclusões e comentários

Referencias