Metadados mínimos para documento Não Convencional (N)

De Wiki.bireme.org/pt
Ir para: navegação, pesquisa

De acordo com a Metodologia LILACS, como consta no Manual de Descrição Bibliográfica, documento não convencional é definido como:

"Obra/Item informacional que aparece fora dos canais convencionais de publicação. Não se publica formalmente, isto é, não tem uma editora responsável, normalmente é publicado para um número reduzido de pessoas, não está padronizado e por suas características de apresentação, não pode ser considerado como documento convencional."

Os documentos não convencionais diferenciam-se dos monográficos, basicamente, por:

  • Definição do tipo de literatura
  • Dado gravado no Tipo de Literatura [campo 05]: monográficos são identificados pela letra M registrada neste campo, enquanto não convencionais são identificados pela letra N.
  • Ao contrário de monográficos, de acordo com a Metodologia LILACS, não convencionais não podem ser partes de coleções. Então, não possuem os seguintes campos:
    • 23 Autor Pessoal (Nível Coleção)
    • 24 Autor Institucional (Nível Coleção)
    • 25 Título (Nível Coleção)
    • 26 Título Traduzido Para o Inglês (Nível Coleção)
    • 27 Número Total De Volumes (Nível Coleção)

Como os não convencionais são bastante semelhantes aos monográficos, apresentando apenas cinco campos a menos, optamos por redirecionar os metadados mínimos de não convencionais para Metadados mínimos para Monográfico (M) a fim de centralizar a discussão sobre esses campos comuns em uma única página.

Acesse a tabela de Metadados mínimos para Monográfico (M).

Ver também

Interoperabilidade entre LILACS e Dublin Core Qualified

Referências

Manual de Descrição Bibliográfica da Metodologia LILACS